Introdução de espécies, pesca esportiva e produção de alimento.

Hoje acredita se que uma das maiores ameaças aos rios brasileiros segundo vários estudos é a introdução de espécies, fato fácil de ser constatado, em nossa região existe uma boa quantidade de espécies que nos últimos anos passaram a fazer parte de nossos rios. Não estou aqui para criticar nem defender estas ações, que em sua maioria foram mediadas pelo setor elétrico e por órgãos governamentais, além de projetos de lei debatidos atualmente, mas sim apenas para apontar pontos positivos, negativos e discussões advindas deste assunto.
Dois peixes são mais conhecidos no cenário das introduções de espécies em nossa região, a Corvina (Plagioscion squamosissimus) e o Tucunaré (Cichla monoculus). Considerados pela maioria dos pescadores como uma boa aquisição para pesca local pela relevante esportividade, foram introduzidas justamente visando incrementar o mercado da pesca esportiva na região, e me parece que isto realmente aconteceu, exemplo são campeonatos de pesca de corvina entre outros eventos que surgiram na região. Fato também é que ambos são predadores vorazes, ao longo do dia consomem dezenas de pequenos peixes, me recordo de um estudo que mostra que anos após sua introdução na região é possível observar uma queda significativa no numero de piavas e lambaris nas áreas onde estes estão presentes.
Mas o que tem gerado um grande debate neste ano é o projeto de lei PL 5.989/09 que prevê a liberação da criação de tilápias e carpas em tanques rede de reservatórios em todo pais. De um lado existe a proposta de ampliação na produção de proteína animal para a população, de outro existem estudos que mostram que caso estes peixes escapem dos tanques rede, estas espécies podem alteram consideravelmente a qualidade da água, ficando imprópria para os peixes nativos e também encarecendo o processo de tratamento para consumo humano.
E você prefere uma pesca de corvina e tucunaré ou a tradicional piava? É a favor da liberação da tilápias e ampliação na produção de proteína, ou tem medo de problemas futuros? Quer saber mais sobre o projeto de lei?
Acesse http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/ambiente/ambientalistas-odeiam-tilapia-693444.shtml.

Abraço, Alexandro Costa.

URL curta: http://uraionline.com.br/new/?p=5191

Deixe um Comentário

Imagens

Desenvolvido por Media Point